Notícia

16ª Festa do Leitão Assado

sexta, 12 de abril de 2019
Lucro da Festa do Leitão vai para entidades

Parte do lucro da 16ª Festa do Leitão Assado de Itapejara D’Oeste, marcada para o dia 5 de maio, um domingo, será destinado a entidades beneficentes. O anúncio foi feito durante a solenidade de lançamento do evento, em reunião-jantar quarta-feira, 10, no Restaurante Clisa, com a presença da comissão organizadora, empresas parceiras e imprensa.

Na mesa de honra, o prefeito Agiberto Perin, vereador Leonardo Malacarne, representando o Legislativo; Marli Zucchi Dariva, secretária de Saúde e coordenadora da equipe de cozinha da festa; Atílio Venturin Sobrinho, presidente da Associação Municipal de Avicultores e Suinocultores; Neudimar Mortela, presidente da Associação Empresarial; e Jacir Dariva, presidente da Associação Paranaense de Suinocultores (APS).

Primeira a discursar, Marli pediu um momento de silêncio em memória de Salete Venturin, esposa de seu Atílio, que faleceu em acidente de trânsito em agosto de 2018. Salete também era uma colaboradora da festa. Coordenadora da cozinha da Festa do Leitão, Marli disse que serão entregues nas mesas, além do leitão, maionese, cebola, pães, cucas, farofa, mandioca, geleia e docinhos em forma de leitão – mascote da festa. A pedido das pessoas que vieram no almoço de 2018, será elaborada e distribuída a maionese para as mesas.

Atílio Venturin agradeceu ao prefeito Agilberto, aos colaboradores, à imprensa e empresas patrocinadoras por garantir a realização do evento. “Hoje, falar da nossa festa tá mais fácil por toda a estrutura que nós temos. Quando começamos, não tinha nenhuma mesa”, destacou. Ao lembrar da esposa, Salete, que faleceu em 2018, ele se emocionou e chorou.

O prefeito Agilberto Perin destacou que a Festa do Leitão divulga o município no Paraná e no Brasil: “Essa festa marca o município de Itapejara D’Oeste. É uma das maiores festas gastronômicas do Estado do Paraná. É uma festa diferenciada pelo atendimento, pela sua eficiência. Nós temos um quadro excepcional de pessoas que colaboram para a organização”.

A Festa do Leitão é beneficente
Neste ano, conforme Jacir Dariva, presidente da APS, vão receber parte dos recursos da Festa do Leitão a Fundação Sudoestina do Câncer, APMI, Centro de Formação Marista, Associação das Senhoras e o Rotary. “Lá no começo trabalhávamos pra ter lucros pra associação. Hoje, não é que não precisamos de dinheiro, mas tem entidades que precisam mais que nós. No passado foi 15% do lucro, hoje não vai sobrar 20% pra associação. Mas nós temos várias entidades que trabalham pro bem do povo”, adiantou.

A festa será no Parque de Exposições/Parque de Rodeios, com previsão de atendimento de 250 mesas. Após o almoço o garotinho Kauã, de Itapejara, e uma banda vão se apresentar ao público. Interessados em comprar as mesas podem telefonar para 46 – 999116-4112, com Ivair Venturin.

Carne suína no mundo: maiores produtores e consumidores

Jacir Dariva, presidente da APS e um dos organizadores da promoção, fez um relato da produção e consumo de carne suína no mundo. A China produz 54 milhões de toneladas/ano, os países da União Europeia produzem 23 milhões de ton/ano, Estados Unidos 12 milhões ton/ano e o Brasil 3,8 milhões de ton/ano – 2,8 milhões são produzidos na região Sul. Os maiores exportadores são os países da União Europeia, os Estados Unidos e o Brasil. A China, embora tenha grande produção, ainda importa 1,6 milhão de toneladas. Em relação ao consumo, a Sérvia está em 1º (54 kg/per capita), Montenegro em 2º (47 kg/per capita), União Europeia em 3º (30 quilos) e a China (30 quilos) e o Brasil o consumo ainda é baixo, apenas 14 quilos per capita.

Jacir destacou que há 16 anos a festa é organizada no município para estimular o consumo de carne suína. Na opinião dele, ainda há muito a crescer em termos de consumo interno. Por isso, “nós precisamos mais destes eventos no Brasil pra incentivar o consumo de carne suína, uma carne que não tem gordura entre as fibras”.

Fonte: Jornal de Beltrão